texas-moody

Desembargadora agride repórter de Alagoas

O repórter do jornal Extra Alagoas Victor Avner foi agredido verbalmente pela desembargadora Elisabeth Carvalho do Nascimento, na sessão do pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) desta terça-feira, 21 de junho, informa a versão online do periódico. Nascimento ainda mandou recolher equipamentos e exigiu a expulsão do profissional do local.

“Pare de me encarar, seu palhaço! Você é um palhaço. Recolham esse material dele!”, bradou a desembargadora, exigindo que policiais presentes à sessão retirassem câmera, gravador, bloco de notas e demais equipamentos de trabalho.

O acesso de fúria da magistrada coincide com a repercussão da última edição do jornal, que denuncia pagamento indevido de horas extras em sua gestão, baseado em relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Sindicato dos Jornalistas de Alagoas (Sindijornal) emitiu nota repudiando a agressão. “Tal atitude fere os princípios de liberdade de imprensa e de livre exercício profissional, assegurados na Constituição Federal. É inconcebível que o desrespeito a tais princípios venha exatamente de quem, por ofício, tem o dever de fazer cumprir a lei”, declarou.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

Mais artigos