texas-moody

Jornalistas de Guerrero, no México, denunciam cumplicidade política e criminal para interromper seu trabalho

“Jornalistas guerrerenses denunciaram as agressões que sofrem no exercício de sua profissão e apontaram autoridades dos três níveis de governo e integrantes de grupos criminosos que atuam de forma coordenada em diferentes áreas de Guerrero, com a colaboração de forças policiais.

Esta posição é o cerne de um documento dirigido ao presidente Andrés Manuel López Obrador, ao governador Héctor Astudillo Flores e à presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH), Rosario Piedra Ibarra, que o jornalista Sergio Ocampo Arista leu ao receber o prêmio Popular Popular Sentimentos concedidos por organizações sociais a ativistas sociais para reconhecer seu trabalho em defesa dos direitos dos cidadãos.”

Leia o artigo original (em espanhol)

Mais artigos