texas-moody

Organizações internacionais pedem proteção a jornalistas ameaçados na Colômbia

Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) e a organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) pediram às autoridades colombianas maior proteção para os jornalistas do país que receberam ameaças neste começo de ano.

Em um comunicado, o CPJ fez referência ao caso da cidade de Montería (norte do país), onde dois jornalistas tiveram que fugir após receberem ameaças de uma das maiores organizações criminais do país.

Segundo Joel Simon, diretor-executivo do CPJ, devido ao fato de que “os ataques são raramente investigados, os jornalistas levam este tipo de ameaças muito a sério”. Por isso, o Comitê considerou que as autoridades devem garantir a segurança destes jornalistas assim como tomar medidas para que as pessoas que originam estas ameaças sejam investigadas, acrescentou em seu comunicado.

Para a RSF, “os jornalistas não devem em nenhuma circunstância pagar pela violência ligada ao crime organizado que reina na área”, por isso pediu às autoridades para agilizar as investigações destas ameaças que violam a liberdade de informação, assim como garantir a segurança dos jornalistas, afirmou em nota.

RSF lembrou dos diferentes ataques recebidos pela imprensa na Colômbia neste início de ano, incluindo outras amealas a jornalistas e a proibição da cobertura em determinadas zonas do país. Estes ataques foram documentados pela Fundação para a Liberdade de Imprensa, FLIP, que considerou janeiro um mês “crítico” para a imprensa no país.

Na mais recente Classificação Mundial da Liberdade de Imprensa 2013 da RSF, depois de Cuba e México, Colômbia foi o país pior posicionado da América, ocupando o 129º lugar entre 179 países. Apesar de ter subido 14 posições, comparada com o ano passado, o país tem uma “situação difícil” especialmente porque grupos armados como as Farc ou os narcoparamilitares seguem “sendo depredadores da liberdade de imprensa”, informou a revista Semana.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles