texas-moody

Silvia Higuera

Silvia A. Higuera Flórez is a Colombian journalist who has written for the Knight Center since 2012. She is interested in covering Latin American issues and human rights, especially the right to freedom of expression, and investigative journalism. She studied Social Communication and Journalism at Universidad Pontificia Bolivariana in Bucaramanga (Colombia), and received her Master's of Arts in Journalism from the University of Texas at Austin in 2015. She worked with the Office of the Special Rapporteur for Freedom of Expression of the Inter-American Commission on Human Rights (IACHR) under the Orlando Sierra fellowship during 2014. She also worked for the Colombian newspaper Vanguardia Liberal and wrote for different magazines about local, economic and public order issues. Her work has also appeared in The Miami Herald and El Nuevo Herald of Miami. Email: silvia.knightcenter@gmail.com

Silvia A. Higuera Flórez es una periodista colombiana que trabaja para el Centro Knight desde el 2012. Su interés periodístico es América Latina y los derechos humanos, particularmente el derecho a la libertad de expresión, así como el periodismo de investigación. Estudió Comunicación Social – Periodismo en la Universidad Pontificia Bolivariana de Bucaramanga (Colombia), y recibió su maestría en Periodismo en la Universidad de Texas, en Austin en 2015. Trabajó para la Relatoría Especial para la Libertad de Expresión de la Comisión Interamericana de Derechos Humanos (CIDH) en el marco de la beca Orlando Sierra, durante 2014. También hizo parte del diario Vanguardia Liberal y escribió para otras revistas colombianas cubriendo fuentes locales, económicas y judiciales. Algunos de sus trabajos han aparecido en The Miami Herald y El Nuevo Herald de Miami.

Silvia A. Higuera Flórez é uma jornalista colombiana e escreve para o Centro Knight desde 2012. Seu interesse jornalístico é a América Latina e os direitos humanos, nomeadamente o direito à liberdade de expressão. Estudou Comunicação Social – Jornalismo na Universidade Pontifícia Bolivariana de Bucaramanga, na Colômbia e completou seu mestrado em jornalismo na Universidade do Texas em Austin. Silvia trabalhou na Relatoria para a Liberdade de Expressão da CIDH pela bolsa Orlando Sierra, em 2014. Trabalhou para o jornal Vanguardia Liberal e escreveu para outras revistas colombianas cobrindo temas locais, econômicas e judiciárias. Alguns de seus trabalhos apareceram no The Miami Herald e no El Nuevo Herald de Miami.

Artigos recentes

Maria Ressa

Aguentando firme e lutando pela verdade: durante o primeiro painel do ISOJ, jornalista filipina Maria Ressa explica o uso das mídias sociais como armas

Maria Ressa é a primeira palestrante do Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ), organizado pelo Centro Knight, que neste ano está ocorrendo virtualmente pela primeira vez. Seu painel “O impacto da tecnologia na democracia” foi mediado por Reg Chua, editor-gerente global da Reuters.

Desinfodemia COVID 19

Unesco publica em espanhol dois relatórios para entender e enfrentar a desinformação sobre COVID-19

A Unesco publicou em espanhol dois relatórios de políticas para entender e responder à 'desinfodemia': a pandemia de desinformação no COVID-19 que dificulta a oferta de tratamentos.

Jineth Bedoya Featured Image

'Jornalistas não podem perder de vista pessoas pelas quais temos responsabilidade': Jineth Bedoya

A entrega do Prêmio Mundial da Liberdade de Imprensa Unesco-Guillermo Cano 2020 à jornalista colombiana Jineth Bedoya Lima teve um significado especial para a imprensa no seu país.

COVID 19

Curso sobre a liberdade de expressão para os operadores judiciais no meio da pandemia tem 'relevância importante'

O curso "Marco Legal Internacional para liberdade de expressão, acesso à informação pública e proteção de jornalistas", que já atingiu quase 10.000 operadores judiciais na região, coincide desta vez com a crise que o mundo enfrenta devido à pandemia do COVID-19. As inscrições serão encerradas em 5 de abril.

Lydia Cacho (By Eneas De Troya, CC BY 2.0)

Homem envolvido em tortura da jornalista mexicana Lydia Cacho é condenado a cinco anos de prisão

Pelo crime de tortura contra a jornalista mexicana Lydia Cacho em 2005, Juan Sánchez Moreno, comandante da Procuradoria Geral do Estado de Puebla, recebeu uma condenação em 15 de janeiro

Curso sobre liberdade de expressão para operadores da Justiça na América Latina abre suas inscrições para edição de 2020

A edição do curso "Marco legal internacional de liberdade de expressão, acesso à informação pública e proteção de jornalistas" abre suas inscrições a todos os magistrados, juízes e operadores de justiça da América Latina.

wiretap

Novas denúncias de espionagem ilegal contra jornalistas na Colômbia revivem temores

A espionagem ilegal de jornalistas e outras personalidades públicas, incluindo magistrados e políticos, parece viver mais um capítulo na Colômbia, quase uma década depois

Reverso

Projetos de fact-checking eleitorais na Argentina e no Uruguai refletem sobre colaborações e combate à desinformação

A cobertura eleitoral é talvez um dos maiores desafios nas redações: processar grandes volumes de informação em pouco tempo e com a mesma equipe que trabalha em condições cotidianas.

Defensores de La Democracia

Projeto Defensores de la Democracia quer ser arquivo vivo do trabalho de jornalistas assassinados no México

A história de Emilio Gutiérrez Soto, jornalista mexicano que chegou aos Estados Unidos há mais de 10 anos para solicitar asilo, mas que pode ser deportado, foi para Alejandra Ibarra o ponto de partida de seu projeto Defensores de la Democracia (Defensores da Democracia), um arquivo digital que busca preservar o trabalho de jornalistas assassinados no México.

Jornalista colombiana Claudia Duque desiste de processo penal em seu caso de tortura psicológica e denuncia impunidade

A jornalista Claudia Julieta Duque anunciou que suspenderá sua participação no processo penal no caso de sua perseguição e tortura psicológica