texas-moody

Jornalistas repudiam atentado contra afiliada da Record no Amapá

  • By Guest
  • 7 September, 2010

Por Maira Magro

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e o Sindicato dos Jornalistas do Amapá divulgaram uma nota repudiando o atentado sofrido na sexta-feira, 3 de setembro, pela TV Marco Zero, afiliada da rede Record em Macapá, informou o site Amapá Digital.

Três homens invadiram a sede da TV, renderam um segurança, agrediram funcionários, pegaram uma diretora como refém e incendiaram uma sala, relata a Folha Online.

Segundo o Terra, os invasores gritaram que o canal não deveria se envolver com política. O jornalista Gilvan Barbosa, apresentador do programa Balanço Geral, disse ao Terra acreditar que seu programa tenha sido um dos alvos do ataque. Barbosa contou ao site que vem recebendo ameaças e alertas para que não fale de política.

A emissora emitiu uma nota dizendo que “a liberdade de imprensa está sendo cerceada a bala” no Estado, acrescenta o portal. Segundo o site R7, os três proprietários da TV Marco Zero disputam as eleições deste ano.

Nota do editor: Essa história foi publicada originalmente no blog de jornalismo nas Américas do Centro Knight, o predecessor do LatAm Journalism Review.

More Articles