texas-moody

Violência Contra Jornalistas

Alex Silveira: 21 anos em busca de justiça por ter ficado cego de um olho após ser atingido por uma bala de borracha disparada pela polícia de São Paulo. Foto: Sergio Silva/Ponte Jornalismo

Jornalistas que perderam a visão após serem feridos na cobertura de protestos enfrentam longas batalhas judiciais

Uma decisão do Supremo Tribunal Federal do Brasil reconheceu o direito à indenização de um fotojornalista que ficou cego após ser atingido por uma bala de borracha há 21 anos. A sentença potencialmente abre as portas para que outros jornalistas feridos em situações semelhantes também tenham reconhecido o seu direito.

Jineth Bedoya Lima

Decisão da Corte Interamericana no caso Jineth Bedoya pode ser transformadora para jornalistas colombianos, afirma organização de liberdade de imprensa

Em entrevista à LJR, Jonathan Bock, diretor executivo da FLIP na Colômbia, explica a importância da decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos no caso da jornalista Jineth Bedoya e suas implicações para a liberdade de expressão e as mulheres jornalistas na região.

Protests against murders of journalists in Mexico

Nos quatro países mais mortíferos para a imprensa da América Latina, estes são os jornalistas assassinados, onde trabalharam e o que cobriram

As informações sobre o perfil dos jornalistas assassinados na última década nos quatro países da região com mecanismos de proteção deixam clara a necessidade de fortalecê-los. Os dados foram obtidos durante o desenvolvimento do projeto "Baixo Risco - Análise dos programas de proteção a jornalistas na América Latina" realizado pela RSF com apoio da Unesco.

Ataques a jornalistas cresceram 41% em 2020 na Argentina e estão mais espalhados pelo país, indica monitoramento do Fopea

Depois de dois anos de relativa estabilidade, os ataques a jornalistas deram um salto de 41% na Argentina no ano passado e chegaram a 82. Em 2019, haviam sido registrados 58 ataques enquanto 2018 contou com 51. Os dados são do Informe del Monitoreo de Libertad de Expresión 2020, do Foro de Jornalistas Argentinos (Fopea, na sigla em espanhol).

lawsuit

Aprovação de Lei de Proteção para Jornalistas em El Salvador ainda está distante, mesmo com o aumento dos ataques

Num dos momentos talvez mais críticos para o jornalismo em El Salvador, a aprovação da Lei de Proteção a Jornalistas parece cada vez mais distante. O projeto pretende ser muito abrangente, incluindo desde direitos trabalhistas até os diferentes tipos de violência sofridos por jornalistas, incluindo uma perspectiva de gênero para os problemas que afetam as mulheres jornalistas.

distressed woman

Uma em cada quatro mulheres jornalistas sofreu ataques online, de acordo com relatório da UNESCO

O relatório da UNESCO conduziu mais de 900 entrevistas com mulheres jornalistas de 125 países. A maioria dos jornalistas contatados disse ter recebido ataques baseados em desinformação que buscavam desacreditá-los pessoal e profissionalmente.

Paola Ugaz

Ministério Público descarta investigação de ameaças de morte contra a jornalista investigativa peruana Paola Ugaz enquanto ela enfrenta outro processo legal

Depois de receber duas ameaças de morte nas redes sociais nos últimos seis meses, a jornalista investigativa peruana Paola Ugaz soube recentemente que o Ministério Público não abrirá uma investigação em nenhum dos casos.

La seguridad de periodistas en Paraguay

Jornalistas cobram proteção efetiva do Estado paraguaio contra ameaças e casos de violência

No Paraguai, 19 jornalistas foram assassinados nos últimos 30 anos, mas poucos casos foram esclarecidos. Mesa para a Segurança de Jornalistas do Paraguai cobra medidas efetivas de proteção e prevenção de crimes contra jornalistas.

Featured Image Regina Martínez

Com base em nova investigação sobre assassinato da jornalista mexicana Regina Martínez em 2012, coalizão pede que autoridades reabram caso

Recentemente, uma investigação realizada por uma coalizão de organizações internacionais de direitos humanos revelou várias pistas sobre o crime e listou diretrizes urgentes para a justiça mexicana reabrir o caso.

Jineth Bedoya Lima

Estado colombiano desiste de audiência histórica sobre sequestro, tortura e violência sexual da jornalista Jineth Bedoya Lima

Durante a audiência histórica perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos no caso de sequestro, tortura e violência sexual contra a jornalista colombiana Jineth Bedoya Lima, o Estado colombiano a abandonou por "falta de garantia".