texas-moody

Modelo de Negócio

Pesquisa com leitores de países da América Latina indica que decisão de pagar por notícias está associada a independência e transparência dos meios jornalísticos e sugere a veículos digitais comunicar melhor estes valores para a audiência potencial.

Associações de meios das Américas pedem debate sobre pagamento de conteúdo por plataformas

Por meio de uma declaração para "defender o valor do jornalismo profissional no ecossistema digital", 18 organizações das Américas convocam um debate sobre o pagamento de conteúdo por plataformas digitais

Tela da TN instalada em mercado na zona sul de São Paulo. Ao todo, serão 25 telas, com audiência estimada entre 500 e 800 mil pessoas por mês. Foto: Patrícia Santos

Veículos digitais lançam solução para distribuir e monetizar notícias sobre a periferia de São Paulo

Projeto inovador de quatro veículos de jornalismo amplia a distribuição de conteúdo nas periferias e favelas enquanto contribui para ampliar as receitas para as redações. Lançado inicialmente em São Paulo, a iniciativa conta com 25 telas instaladas em estabelecimentos comerciais por onde passam até 800 mil pessoas por mês.

La Voz de Guanacaste papers in a basket

Mais de um ano após a pandemia, jornais pequenos da América Latina ainda estão se recuperando

Jornais impressos de pequeno da América Latina tiveram que se adaptar às mudanças provocadas pela pandemia COVID-19, que acelerou as transições para o digital e forçou as publicações a encontrar novos fluxos de receita.

Featured Image Mexican money

Quase 80% dos meios locais digitais e regionais no México querem incluir conteúdo pago ou contribuição de leitores, diz relatório

Quase 80% dos meios locais digitais e regionais no México estão trabalhando para ou planejam, em até três anos, incorporar um modelo de receita vinda de leitores, isto é, um sistema de paywall, assinaturas, contribuições ou programas de membros.

Person at a computer looking at the Black Adnet website

Sites de mídia negra brasileiros criam Black Adnet, rede de publicidade para atrair anunciantes, gerar receita extra e fortalecer jornalismo independente

A Black Adnet é uma rede de 26 meios digitais independentes espalhados pelo Brasil, com uma audiência total de 2,5 milhões de usuários únicos por mês, que visa aproximar grandes marcas de coletivos e meios de comunicação

Quem tem razão? Em disputa por mercado nacional, os dois principais jornais brasileiros se proclamam ‘os mais lidos’

Os dois maiores jornais do Brasil estão em disputa aberta pela liderança do mercado e ambos se autodeterminam líderes, mas usam critérios e números diferentes para chegarem a essa conclusão.

Com quase dez anos, site CRHoy faz investigações de impacto e conquista forte audiência na Costa Rica

Perto de completar uma década de existência, o meio nativo digital da Costa Rica CRHoy conquistou uma forte audiência, apostando em um equilíbrio entre notícias quentes e investigações de impacto, que garantiram prêmios e credibilidade ao veículo.

Featured Image Sustainability Panel Coloquio 2021

Fundo Velocity ajuda meios digitais latino-americanos a profissionalizar suas organizações, se diversificar e ser sustentáveis

Em virtude do apoio financeiro e estratégico de um programa para meios digitais na América Latina, dez veículos de comunicação conseguiram crescer como organizações, criar e fortalecer produtos, além de aumentar sua audiência, apesar da crise geral causada pela pandemia.

Ilustração

Com mais de 10 mil apoiadores, Intercept Brasil arrecada R$ 300 mil mensais e expande jornalismo investigativo

Valor arrecadado foi investido em contratações de jornalistas, na mudança para uma redação maior e mais segura, além da compra de equipamentos

Dimmi Amora, fundador da Agência Infra: produto jornalístico para atender a um setor específico do mercado. Foto: André Coelho

Equilibrar conteúdo e negócios: desafio de jornalistas que criaram startup para cobrir infraestrutura

A Agência Infra surgiu em 2017 como resultado desta iniciativa como o primeiro veículo nativo digital brasileiro especializado na cobertura de infraestrutura. Um setor que Dimmi Amora passou a acompanhar de perto quando se transferiu do Rio de Janeiro para Brasília.